O grupo Têmpera busca abordar arte e cultura, com ênfase em artes visuais, de modo acessível, e em prol da ampliação da divulgação do conhecimento.

 

Têmpera defende a fotografia enquanto arte, como uma nova tecnologia para desenhar,  a partir da crença de que a fotografia é uma herdeira natural da pintura, em um tempo em que a pintura não morre.

 

Trazendo o nome Têmpera para publicações com ênfase em fotografia e artes visuais, buscamos evidenciar nosso interesse por esta relação entre pintura e fotografia.

 

Os projetos do Têmpera são um posicionamento e um exercício reflexivo de construção de um viés curatorial sobre arte, cultura e sociedade.